Posts Tagged 'opinião'

O nosso Pequeno Pensamento Político

Parte 1

Eu não gosto de política. Não sou muito ligado, não acompanho nem os escândalos (coisa que temos uma tendência natural a fazer), não tenho disposição nenhuma pra discutir nem argumentar. Diria que sou preguiçoso em relação a tudo isso. E já pra começar, se você vai dizer que estou errado: não fode.

Continue lendo ‘O nosso Pequeno Pensamento Político’

Anúncios

Cento e quarenta

Agora falando sério.

Essa onda de suprimir as idéias está atrofiando meu cérebro. Claro que não é culpa da pornografia diária que eu acesso, muito menos do lixo que leio diariamente por aí que mais parece ter saído de um rio com cheiro de mil crianças mortas.

A verdade é que agora, toda vez que eu tenho uma daquelas idéias banais geniais durante o cagão banho ou almoço, ao invés de tentar desenvolver os pensamentos na cachola, dar aquela floreada, introduzir, fermentar, concluir e assinar, eu tento reduzir a parada a malditos cento e quarenta caracteres (menos ainda se você quiser um RT).

Continue lendo ‘Cento e quarenta’

Sobre conclusões aleatórias, musicais e coletivos

Muitos dos meus amigos pensam que eu nunca comprei um carro por falta de dinheiro. Tolos. Poucos sabem que, na verdade, sou impulsionado a não cometer esta sandice por pura e simples  vontade de andar de ônibus, o popular busu. Juro, não deixaria nada me privar de um prazer social coletivo tão edificante quanto utilizar o transporte público de Salvador, com toda sua mistura de calor, sons e fedor aromas.

Continue lendo ‘Sobre conclusões aleatórias, musicais e coletivos’

Deja vs. a igreja

Deja (ou Dejanira, como eu a chamo) é uma figura caricata que trabalha lá em casa fazendo serviços domésticos. Pequena, magrinha e sempre entusiasmada. Parece aqueles viciados ligados numa tomada 220v, que de 5 em 5 minutos precisam de uns tecos na nareta carcomida.

Dias de terça e quinta nunca são iguais. Eu acordo de manhã e apareço na cozinha pra tomar um copo de água, lá está Deja, lavando louça, limpando o chão, ou, sei lá, matando um rato. Além do típico EITA QUE CARA INCHADA, HEIN MATEUS? VAI FAZER ESSA BARBA! PARECE UM URSO!, ela sempre me vem com pérolas do tipo:

Continue lendo ‘Deja vs. a igreja’


Mais Lidos

@borbaruir

Arquivo